Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email

Pesquisar este blog

sexta-feira, 24 de maio de 2013

Teorias da conservação e desafios relacionados aos acervos científicos

MIDAS: Museus e Estudos Interdisciplinares

Por: Granato, Marcus & Campos, Guadalupe do Nascimento



O patrimônio cultural material tem um tempo limitado de existência. Para prolongar a sua integridade física, a conservação tem como meta estabelecer estratégias de prevenção e de intervenção. Essas estratégias devem ser fortemente embasadas por uma fundamentação teórica. No presente trabalho foram analisados em caráter geral, os principais teóricos da conservação e as linhas predominantes em cada período, a partir do século XIX até a atualidade (Ruskin, Violet-le-Duc, Boito, Brandi, Muñoz Viñaz, dentre outros). A seguir, foram discutidas brevemente as correntes de pensamento da conservação para instrumentos científicos, relacionando com o pensamento de alguns teóricos da conservação já apresentados. Finalmente, são enfocados os desafios na conservação de acervos científicos, dificuldades que são causadas seja pela quase ausência de profissionais qualificados na área, do número crescente de objetos adquiridos para as coleções ou da própria especificidade do acervo. Três aspectos principais foram discutidos: os materiais constituintes, o funcionamento do objeto científico e a questão da coleta de peças do patrimônio científico na atualidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário