Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email

Pesquisar este blog

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

À Carmen Salvador, ou simplesmente: Tia Carmen - 15/12/2011, nossa Confraternização.

Tia Carmen é uma pessoa aparentemente comum, mas não é. À primeira vista imaginamos que ela seja uma pessoa frágil, ingênua... mas não: é a pessoa mais forte e esperta que eu conheço. Não há uma pessoa do IAB que não tenha passado por suas mãos e por seus conselhos e ela nos conhece profundamente e nem adianta queremos esconder nossos sentimentos, pois ela sabe, ela sente! Ela não é nossa mãe, mas é como se fosse, não é nossa tia, irmã, prima, mas é como se fosse, na verdade somos todos seus filhos.
            Esse ano foi particularmente difícil para todos nós. Inclusive para Tia Carmen. Ela ficou pasma, tensa, se preocupou com todos nós, com o nosso futuro e o do Capão. Porém mesmo com essa dificuldade foi contornando aqui, driblando ali, nos ouvindo, aconselhando e ouvindo mais e aconselhando mais e mais. Tia Carmen é assim: uma pessoa sábia e por isso, poderosa e é aí que nos valemos dela, aproveitando ao máximo dessa convivência para, nesses momentos que estamos juntos, podermos nos purificar e nos fortalecer.
            Pessoa de fé passa isso para todos nós, inclusive para quem não acredita, mas que diante dela, se cala e ouve. Ela faz uma ponte entre nós e o sagrado. Ela nos ouve, nos aconselha, passa a mão na nossa cabeça, mas também sabe nos alertar quando estamos longe do ideal, longe do justo e do correto.
            Assim é nossa Tia Carmen, tia de fato de Sonia Salvador e nossa por opção. É uma honra ter encontrado essa pessoa maravilhosa e grandiosa pela frente. Só tenho pena de quem foi privado dessa convivência ou não encontrou Tia Carmen pela frente. Ela faz as vezes de mãe e amiga. Ela é nosso maior tesouro e nossa maior fonte de energia.
            Tia Carmen, esse ano, mais do que nos anteriores, agradecemos muito a senhora por estar ao nosso lado.
            Vamos passar por essa turbulência juntos e outros natais virão, outras confraternizações, para nos lembrarmos dessa, que nos fez tremer, mas também nos fez mais fortes.
            
Dos IABenses do Capão do Bispo.

Ayala Santos Pessôa e Tia Carmen, no Laboratório de Antropologia Biológica.


2 comentários:

  1. Não tenho dúvidas de que esta força é o alicerce que sustenta esta casa!
    Dará tudo certo!!!!!
    Forte abraço a todos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradecemos pela força, Jorge!
      Nem tudo saiu como esperávamos, mas nossa "casa" continua firme e bem alicerçada, mudou apenas de endereço. Em breve comunicaremos a novidade aos amigos e leitores do blog, aguarde.
      Grande abraço,
      IBPA

      Excluir