Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email

Pesquisar este blog

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Comentário publicado na própria página da Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro.


Lúcia Pangaio
15.08.2011 20:31 | Rio de Janeiro, RJ
Boa noite, faço parte do Instituto de Arqueologia Brasileira e o Estado está querendo desalojar esse centro formador de arqueólogos da Casa do Capão do Bispo. Já são mais de 200 pesquisadores formados em 40 anos ali. Há verba, sim! Deve-se fazer a reforma ali? Sim. Mas desalojar um centro como esses de Utilidade Pública reconhecido pelo Estado do RJ e o município de B. Roxo?! No edital, pede que se faça orçamento p/ arqueologia - nós faremos como contra partida! Sra. Adriana Rattes, nos receba!IAB 

Um comentário:

  1. A comunidade do bairro do Cachambi apoia que o IAB continue na Casa do Capão do Bispo.
    Em 2005 enviei um ofício a Secretaria de Cultura do Estado,informando o difícil estado de conservação do Casarão,cuja obrigação de conservação é do Estado e,até o momento nada foi resolvido.
    Sugiro que a Secretaria de Cultura reveja a situação e,FAÇA UMA HOMENAGEM PÚBLICA AO IAB,PELOS SERVIÇOS PRESTADOS A SOCIEDADE E LHE GARANTA A PERMANENCIA DEFINITIVA NO LOCAL.
    Tambem sugiro que seja implantado um ponto cultural,com diversas atividades sociais e itinerantes no imenso terreno fronteiriço.
    Rubens Quintella
    Ex-Representante do CEC-Conselho Escola Comunidade do Cachambi

    ResponderExcluir