Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email

Pesquisar este blog

domingo, 17 de julho de 2011

Pequeno Histórico da Casa de Fazenda do Capão do Bispo

"Pertenceu a Dom José Joaquim Justiniano Mascarenhas Castelo Branco (1713-1805 Rio de Janeiro), o primeiro bispo do Rio de Janeiro*, nascido nesta cidade e foi edificada no final do século XVIII. Era sede de imensa propriedade rural, foi um dos principais núcleos disseminadores de mudas de café rumo ao interior, cujas plantações representariam a base da economia da região do Vale do Paraíba durante o século XIX. Após a morte do bispo, a propriedade é transferida para seus herdeiros e com o passar dos anos parte de sua área foi loteada. Em meados do século XX, a casa, então abandonada, foi ocupada por várias famílias de baixa renda e transformada em cortiço. Na década de 1970 a casa, então em péssimo estado de conservação e ameaçada de desmoronamento, foi desapropriada pela Administração Estadual e em 1974, iniciada sua restauração para a instalação do Centro de Estudos Arqueológicos** do Rio de Janeiro".
* Por isso, seu atual nome;
** IAB-CEA - Instituto de Arqueologia Brasileira-Centro de Estudos Arqueológicos.

Dom José Joaquim Justiniano Mascarenhas Castelo Branco

Fonte: BIENE,   M.P. van 2007.  A arquitetura das casas-grandes remanescentes dos engenhos de açúcar no Rio de Janeiro setecentista. Dissertação de Mestrado em História e Teoria da Arte. EBA/Universidade Federal do Rio de Janeiro, 200p. il.


2 comentários:

  1. Ao amigo Juber Decco e demais companheiros e pesquisadores do CEA/CAPÃO DO BISPO.

    Recebam os nossos parabéns pela qualidade do conteúdo desse blog e nossa solidariedade pelos problemas porque passam neste momento, quando a instituição recebe ordem para desocupar a Casa de Fazenda do Capão do Bispo, que tanta identificação tem com todos que lá trabalham. Casa essa que nutro um carinho muito especial e por lá trabalhei com o IAB em duas ocasiões.

    Um forte abraço a todos,

    CLARINDO
    AMIGOS DO PATRIMÔNIO CULTURAL
    www.amigosdopatrimoniocultural.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Clarindo!

    Agradecemos a vc também (pela assinatura e divulgação), mas precisamos agradecer à Adriana Sardenberg que foi a idealizadora do blog e responsável por sua montagem.
    Grande abraço,
    IABenses (Lúcia Pangaio)

    ResponderExcluir